quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

mini -conto

Histórias que ouvia pra dormir  ( aqui descrita por mim da minha maneira  espero que gostem)






O cão guardião


Uma senhora à beira da morte chama a filha:

-Filha, é chegada a minha hora, quero pedir a você uma coisa preste, bastante atenção:




-Somos pobres e você ainda é muito jovem e bela




tenho medo que aconteça algo com você





por isso, vou deixar aos seus cuidados nosso cão




-Ele é dócil e companheiro!




-Prometi à sua tia que ia deixar ele com ela, mas pensei melhor e acho que ele deve ficar com você.




-Ele será seu guardião e não deixará que nada de mal aconteça a você tome conta dele, promete?




-Prometo mamãe...disse a filha.




A velha senhora fechou os olhos e nunca mais abriu.




A filha muito triste sem a mãe, chorou e só tinha como companhia o cão que não a deixava sozinha um só minuto.




Um dia, ia ela e o cão pelas proximidades de sua casa




Quando um belo jovem de feições nobre e muito gentil se aproximou da moça e disse:




-Que bela criatura que vejo, boa tarde!




Ela respondeu entre sorrisos:




-Boa tarde




-Sou novo aqui na cidade, me chamo Bernardo Feitosa




-Prazer




Ao tocar sua mão, a jovem ficou encantada com tanta gentileza




O cão mais que depressa rosnou para o rapaz




E quase o mordeu




A garota ficou brava e quase bateu no cachorro pediu mil desculpa e foi embora prometendo estar ali no outro dia, no mesmo horário.




No outro dia, perfumada e feliz foi encontrar com o rapaz




E o cachorro foi também




E quando o rapaz se aproximou




O cão novamente avançou e tirou um fio de sangue da mão do rapaz




A dona do cachorro ficou desesperada sem saber o que dizer




-O que posso fazer pra me desculpar




-Tranque esse cachorro




Ela se despediu e no outro dia trancou o cachorro




com correntes e cadeados no portão e foi se encontrar com o rapaz




Ao chegar muito feliz disse:




-Estamos livres, o cão está preso.




O rapaz sorriu




E ia pegar na sua mão




E diz: -Porque não me leva em sua casa?




-Esta bem, amanhã o espero lá. Passou o endereço e combinaram o horário




Quando o rapaz se aproximou para beijá-la, o cão apareceu ameaçador




-Você não disse que tinha prendido esse cão?




-Eu prendi, mais não sei como ele se soltou.




-O que posso fazer, ele não gosta de você?




-Por que você não o mata esse cão é um perigo!




-Mas prometi a minha mãe cuidar dele e ele cuidar de mim




-Você agora não precisa dele, você tem a mim, eu cuido de você




O cachorro latiu ferozmente




-Mate-o, antes que ele me mate!




Pensando em perder seu amor, ela concordou




e no outro dia matou o cachorro e enterrou no quintal




Estava triste, mas seu amor por aquele jovem tão lindo era maior




A noite arrumou a casa e colocou seu melhor vestido e o esperou




Quando ele chegou e ela muito feliz ia abrir a porta




O cachorro surgiu do nada, como se fosse um leão e avança no rapaz




-Meu deus!


-Você me prometeu que ia matar esse cachorro




Ela apavorada diz : - Eu o matei e o enterrei no Quintal!




-Como pode está vivo!




-Vou embora




-Mate-o novamente e o jogue no mar




Assim , no outro dia, ela mata o cachorro, aluga um barco de pesca e o joga em alto- mar




E a noite, novamente espera por seu amor




Ao chegar, ela corre para abraçá-lo




Mais que depressa surge outra vez na sua frente o cachorro, todo molhado rosnando e querendo matar o rapaz




-Eu não acredito, você não matou o cachorro?




-Eu o matei. !Desespera-se




-Quer que ele me mate? Perguntou o rapaz




-Não, meu amor, eu o joguei no mar




-Pois amanhã , você o mata e o queima, as cinzas você joga ao vento




- Eu volto amanhã




Ela já acreditando que era um pesadelo aquele cão horrível




No outro dia , ela mata o cachorro




-Queima-o e joga as cinzas ao vento.




À noite ,antes de entrar, o rapaz pergunta :-Fez como eu mandei?




-Sim




E entrou. -Que bom que estamos livres e sozinhos!




-Sim, só eu e você. Ela responde




-Que bom. Ele falou entre beijinhos




e seus beijos vão se tornando cada vez mais intensos




Até que começou a doer e ela pede para ele parar




E ele morde a sua mão com tanta força que tira um pedaço




Ela corre apavorada sangrando




E grita por socorro, desesperada lembra do cão e o chama, pede ajuda.




E o rapaz devora sua carne e diz:




- Quero mais, tenho fome




O cão chega na porta e fala




-Come bicho ...come!





Fim





Josinalda Lira







4 comentários:

  1. Olá como todos sabem aconteceu uma tragédia aqui no Rio de Janeiro devido a chuva, quem quiser saber como ajudar as pessoas doando alimentos, ou outras formas, podem acessar meu blog e saber como colaborar http://lamoremiopersempre.blogspot.com/2011/01/doacoes-para-vitimas-da-chuva-no-rio.html Pois é nessas horas que o brasil deve ser solidário.

    Abraços....

    ResponderExcluir
  2. Adorei a História do cão!!Congratulações...Temos que ser solidarios como diz teu amigo "Fabio Fraga"!!O que posso fazer é divulgar!!Muita gente precisa de "AJUDA".Acho que toda Prefeitura ou outros...deveriam ter um Ponto de Arrecadação...Obrigado Poetisa Josinalda Lira***.Deus ti ilumine muito.
    Rubens Rosas Junior!Mais conhecido como o Neto de Anacleto Rosas Junior*.
    Beijos em seu ♥*

    ResponderExcluir
  3. Olá vim aqui para apreciar suas postagens e te desejar um ótimo começo de semana.

    Abraços...

    ResponderExcluir
  4. COMO PARTICIPAR NAS EDIÇÕES DO EPISÓDIO CULTURAL?
    O Fanzine Episódio Cultural é um jornal bimestral sem fins lucrativos, distribuído gratuitamente no sul de Minas Gerais, São Paulo (capital), Salvador-BA e Rio de Janeiro. Para participar basta enviar um artigo sobre esporte, moda, sociedade, curiosidades, artesanato, artes plásticas, turismo, biografias, livros, curiosidades, folclore, saúde, Teatro, cinema, revistas, fanzines, música, fotografia, mini contos, poemas, etc.
    Contato: Carlos (editor)
    (35) 3295-6106
    (35) 8833-9255
    machadocultural@gmail.com
    http://www.fanzineepisodiocultural.blogspot.com
    Facebook: http://www.facebook.com/profile.php?id=1464676950&ref=profile

    ResponderExcluir